sábado, 20 de setembro de 2008

20 DE SETEMBRO - DIA DO GAÚCHO

Não sei por que,
Mas hoje o dia amanheceu mais lindo,
E juro minha gente,
Que vi um arco-íris, jamais visto,
Pois suas cores eram de um tricolor inigualável.
Não sei qual brilhava mais
Se era o verde, o vermelho ou o amarelo...
Mas a harmonia das cores me deu uma calma...
Uma leveza de espírito...
E seguindo este arco-íris,
Não achei um pote de ouro,

Mas sim Ventos...

‘Ventos que surgem e trazem
Histórias de nossa gente,
Glórias de homens valentes
De nossa estirpe guerreira

Rio grande abre a porteira
Para os que seguem nas trilhas
Descendentes Farroupilhas
Que não se entregam por nada

E na terra das Charqueadas
Recrutando a tradição
Rio Grande abre o coração
Para nossos sonhos e lendas

E o sarandeio das prendas
É o próprio mundo girando
E o peão sapateando
Revive a história dos Guapos”

Sendo assim,
Para finalizar
Só lhes digo uma coisa
“Tenhamos orgulho de sermos Farrapos.”


4 comentários:

Giovana disse...

Adorei sua homenagem, tanto que vou fazer uma no meu Blog também. Estamos longe da nossa terra mas não podemos esquecer nossas origens.
Ai, ai... que saudades...sinto falta da minha terrinha...
Gostei muito do seu Blog, estarei sempre por aqui.
Bjs,
Giovana

Táta disse...

Olá amiga,
passando para fazer uma visitinha, conhecer seu cantinho e ver as novidades!!!!
E aproveitando para desejar um ótimo domingo!!!
bjokas, Cátia

♡♡ CLAUDIA ♡♡ disse...

Olá amiga, passei pra desejar uma linda noite e uma semana maravilhosa!!!
:)
Bjs ♥

Vacaria disse...

Agradeço-te pela postagem de meus versos em teu blog, versos estes que trazem a história do CTG Os Farrapos e foram solicitados pelo Rogério Ribeiro lá por mil novecentos e pico. Sua apresentação inicial
foi no aniversário do CTG e eu tive a honra de declamá-lo pela primeira vez.
Um abraço

Carlos Eugênio Costa da Silva "Vacaria"